Tipologia das valorizações J. M. Floch

Em uma leitura sobre semiótica me deparei com a tipologia das valorizações do Jean-Marie Floch que estabelece a forma com que são atribuídos os valores às coisas.

Achei realmente interessante:

  • A valorização prática corresponde aos valores de uso, concebidos como contrários aos valores de base (são os valores utilitários, como o manuseio, o conforto, a potência,…)
  • A valorização utópica corresponde aos valores de base, concebidos como contrários aos valores de uso (são os valores existênciais, como a identidade, a vida, a aventura,…)
  • A valorização lúdica corresponde a negação dos valores utilitários (a valorização lúdica e a valorização prática são contraditórias entre si; os valores lúdicos são o luxo, o refinamento,…)
  • A valorização crítica corresponde à negação dos valores existenciais (a valorização crítica e a valorização existencial são contraditórias entre si; as relações qualidade / preço e o custo / benefício são próprias dos valores críticos)

[prática]         [ utópica ]

[crítica ]         [  lúdica ]

Fichamento do livro:
PIETROFORTE, Antônio Vicente. Semiótica Visual. Os percursos do olhar. São Paulo, editora Contexto, 2004.

4 comentários

    1. Olá Ruth, publiquei as informações a partir de um fichamento, deveria ter me preocupado em inserir as referências. Acredito que são do livro: Semiótica Visual do Antônio Pietroforte. Vou editar a página com a referência. Até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.