Categorias
Publicações

Os efeitos de sentido e a usabilidade na interface de Call of Duty

Tornada possível pelo avanço da tecnologia, os jogos passaram a contar com interfaces cada vez mais elaboradas com o objetivo de conectar o jogador ao ambiente fictício do jogo. O sentido dos elementos dessa interface deve ser absorvido da forma mais natural possível.

No processo de análise fazemos a classificação da interface de acordo com o tipo de representação usada nos elementos a partir dos estudos sobre interface de jogos em primeira pessoa de Fagerholt e Lorentzon. A seguir aplicamos semiótica greimasiana com o objetivo de textualizar e explicitar efeitos de sentido presentes na interface. Finalmente usamos os estudos de usabilidade em jogos de Desurvire et al. para identificar a função realizada pelo componente na interface. A análise identifica incoerências em determinados componentes da interface e diferença entre modos de jogo que que podem servir para desenvolvedores planejarem uma melhor comunicação dessa interface num jogo de tiro em primeira pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.