Dissertação – Coerência entre princípios e práticas na Wikipédia lusófona: Uma análise semiótica

Este trabalho apresenta o método, a análise e os resultados de uma pesquisa que investigou a dinâmica de funcionamento e a coerência entre as diretrizes de conduta e a prática de edição dos colaboradores da versão lusófona da Wikipédia, a enciclopédia livre. Este trabalho faz uso de informações e conteúdos públicados sob a licença “Creative Commons / Partilha nos mesmos termos 3.0”; que indica a necessidade de distribuir a obra resultante com a mesma licença. A enciclopédia online pode ser alterada livremente pelos usuários que navegam por seu conteúdo. As discussões para a permanência ou alteração das informações editadas são realizadas em uma página de discussão específica, na qual os colaboradores podem argumentar sobre as diferenças de opiniões e alcançar o consenso. Esse processo se realiza a partir de sanções cognitivas e pragmáticas dadas aos temas e figuras que compõem as isotopias temáticas das enunciações dos usuários. A identificação desses elementos foi realizada, neste trabalho, por meio da semiótica greimasiana. As sanções devem representar pragmaticamente as diretrizes do processo de colaboração na Wikipédia, mas existem regras institucionalizadas que são apresentadas aos usuários como os cinco pilares fundamentais da Wikipédia. Os cinco pilares versam sobre o enciclopedismo, neutralidade de ponto de vista, licença livre, convivência comunitária e liberalidade nas regras. O regimento atribui valores à prática dos enciclopedistas e às informações que são, por eles, publicadas. Esses valores foram identificados através da semiótica tensiva e comparados com as sanções cognitivas e pragmáticas das isotopias enunciadas pelos usuários para a verificação da coerência entre o que está sendo solicitado pela Wikipédia e o que está sendo executado por seus colaboradores. Os resultados dessa comparação apresentam algumas convergências e divergências entre o discurso e a prática, indicando a apropriação da Wikipédia por seus usuários e a necessidade de mais rigor e critério para a permanência das informações na página do verbete em questões conflituosas ou polêmicas. A verificabilidade das informações apresentou-se como um tema extremamente estimado pelos usuários, indicando a importância da veracidade de fontes de consulta e da comprovação das informações. As liberdades e distribuição de poderes, instauradas pelos princípios, são negadas na prática de edição. A Wikipédia apresentou-se como uma enciclopédia muito livre e tolerante, atribuindo mérito para as iniciativas de colaboração, mas, na prática, muito restritiva e criteriosa quando o assunto é a permanência de um conteúdo na página dos seus verbetes.

PALAVRAS-CHAVE: Wikipédia. Comunidades de Prática. Semiótica. Valoração. Tensividade.

– DOWNLOAD –

1 comentário

  1. wow! bom saber que o oráculo google e a mulher maravilha wikipédia têm se mostrado tão disponíveis e interativos sem que a enciclopédia virtual descuide do valor do conteúdo postado pela comunidade. com o tempo, provavelmente teremos bons índices da confiabilidade dos conteúdos postados. Às vezes as informações vêm entre aspas e com referências na ABNT. Me parece liberalíssimo, no bom sentido. =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.