Discurso opositivo e ironia na página “Humans of protesto”

A página do Facebook Humans of Protesto expõe de forma irônica os atores apresentados como mais incoerentes e bizarros das manifestações ocorridas principalmente em 15 de março e 12 de abril de 2015, lideradas pelo Movimento Brasil Livre, Vem Pra Rua e Revoltados On Line.

A estratégia de argumentação realizada para desqualificar os protestos e qualificar negativamente seus participantes é analisada neste artigo com base nas definições de Perelman & Olbrechts-Tyteca (2005) sobre os lugares comuns e os discursos retóricos, diferentes formas de argumentação. O estudo possibilita a compreensão de como as estratégias de discurso net-ativista promovidas pela página analisada são construídas para aumentar a adesão de quem acessa seu conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.